o que significa sinóticos na bíblia

Os evangelhos sinóticos – Mateus, Marcos e Lucas – são assim chamados porque apresentam muitas semelhanças em termos de narrativa e conteúdo. Esses três evangelhos contêm muitas das mesmas histórias, parábolas e ensinamentos de Jesus, muitas vezes em uma ordem semelhante. Eles também compartilham muitas das mesmas palavras e frases, o que sugere que eles podem ter sido escritos com base em fontes comuns. Embora haja diferenças importantes entre os evangelhos sinóticos, sua semelhança geral tem sido objeto de estudo e debate por muitos anos. A compreensão dos sinóticos é fundamental para entender a mensagem central da Bíblia e a vida e ensinamentos de Jesus Cristo.

Entenda a razão por trás do nome Sinóticos para os Evangelhos.

Os evangelhos sinóticos são o primeiro, segundo e terceiro livros do Novo Testamento da Bíblia, nomeados assim porque são muito semelhantes em conteúdo. A palavra “sinótico” vem do grego “synoptikos”, que significa “ver juntos”. Esses evangelhos contêm muitas histórias semelhantes, parábolas e ensinamentos de Jesus, o que leva muitos estudiosos a acreditar que eles foram escritos com base em fontes comuns.

Não perca a chance   o que significa oferta na bíblia

O Evangelho de Marcos é considerado o mais antigo dos sinóticos e é geralmente aceito como a fonte principal dos outros dois. O Evangelho de Mateus e o Evangelho de Lucas possuem muitos trechos idênticos, e há evidências de que eles também consultaram outras fontes, como uma coleção de ensinamentos de Jesus chamada de “Q” e o próprio Evangelho de Marcos.

Alguns estudiosos acreditam que a semelhança entre os evangelhos sinóticos sugere que esses autores estavam trabalhando em estreita colaboração para produzir uma história coerente da vida e dos ensinamentos de Jesus. Outros argumentam que as semelhanças são resultado de uma tradição oral compartilhada pelos primeiros cristãos e pelos autores dos evangelhos.

Independentemente da teoria escolhida, a importância dos evangelhos sinóticos para o cristianismo é inegável. Eles formam a base da crença cristã e contêm muitas das histórias mais conhecidas e amadas do Novo Testamento, incluindo a parábola do filho pródigo, a cura do cego Bartimeu e a crucificação e ressurreição de Jesus.

Não perca a chance   qual o significado da fogueira na bíblia

Desvendando o significado de sinótico na Bíblia

Ao lermos os Evangelhos no Novo Testamento, podemos perceber que há uma semelhança notável entre os três primeiros livros: Mateus, Marcos e Lucas. Esses evangelhos são conhecidos como Evangelhos Sinóticos, um termo que vem do grego “synoptikos”, que significa “ver juntos”.

Mas o que isso significa na Bíblia? E por que esses evangelhos são chamados assim? A resposta é simples: os evangelhos sinóticos contêm muitas histórias e ensinamentos semelhantes, que foram registrados pelos escritores de forma parecida. Por exemplo, a história da alimentação dos cinco mil é contada em Mateus 14:13-21, Marcos 6:30-44 e Lucas 9:10-17. Embora haja algumas diferenças em cada relato, as histórias possuem muitas semelhanças, como o número de pessoas alimentadas e a quantidade de pães e peixes disponíveis.

Essa semelhança entre os evangelhos sinóticos tem sido objeto de estudo desde os primeiros dias do Cristianismo. Os estudiosos tentam explicar por que os escritores escolheram registrar essas histórias e ensinamentos de forma tão semelhante. Alguns acreditam que os escritores se basearam em fontes comuns, como um documento escrito que se perdeu ao longo do tempo. Outros acreditam que os escritores estavam cientes do trabalho um do outro e usaram isso como uma base para seus próprios relatos.

Não perca a chance   o que significa retos na bíblia

Independentemente da explicação, os evangelhos sinóticos são importantes para os cristãos, pois oferecem uma visão mais completa da vida e dos ensinamentos de Jesus Cristo.

Em conclusão, a palavra “sinóticos” é utilizada para se referir aos três evangelhos que apresentam semelhanças notáveis: Mateus, Marcos e Lucas. Esses evangelhos se complementam e oferecem uma visão abrangente e coerente da vida e ensinamentos de Jesus Cristo. O estudo dos sinóticos é fundamental para compreendermos a mensagem central da Bíblia e para nos aproximarmos da figura histórica de Jesus, seus milagres e sua missão de amor e salvação para a humanidade. Que possamos continuar buscando o conhecimento e a sabedoria oferecidos pela Palavra de Deus.

Deixe um comentário


Ayúdanos a difundir el mensaje de Dios compartiéndolo en tus redes sociales, es gratis!!

¡Necesitamos tu ayuda!